domingo, 6 de março de 2011

Canibal

Estamos próximos , porém queremos a distância .
Como evitar o inevitável ?
Você controla seu corpo , mas não sua mente .
Não perderemos nada com isso ,
cada experiência uma aprendizagem .


Posso ser o veneno que corre em suas veias ,
seu suor de angústia.
Está claro , seus olhos não mentem .

Sei que por dentro te devoro ,
Aos poucos , delicadamente .
Meu lado canibal me controla ,
me estimula.
Estou mastigando humanos ,
consumindo você .

Pegue minha essência , sem medo .
Viva !
Não se prenda , mostre do que você é capaz .
Não há nada a temer .
Somos eternos aprendizes , eternos pecadores .
Eu posso ver o modo como você olha pra mim.
Quero ver seu lado animal .
Canibal .








2 comentários:

  1. Olá adorei teu blog, lindo mesmo. Parabéns. Fique a vontade para fazer uma visitinha ao nosso “Alto-falante” e seja mais um membro. Você é nosso convidado especial. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/.
    Um grande abraço!

    Renato Douglas!

    ResponderExcluir
  2. Oi, gostei muito do seu blog e já estou seguindo, se quiser fazer uma visita ao meu: http://estante13.blogspot.com/

    Obrigada ;D

    ResponderExcluir